Google+ Followers

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

A alma que pecar, essa morrerá - Parte II


Por Onicio Fabri

Esta frase é usada de forma generalizada no meio CCBeano.

Em uma interpretação completamente fora de contexto para julgar, sentenciar e condenar aos que cometem pecados, os membros da denominação afirmam que quem peca morre imediatamente. Mas vamos ver o que diz em Ezequiel 18:20?

EZEQUIEL 18:20 - "A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniquidade do pai, nem o pai levará a iniquidade do filho. A justiça do justo ficará sobre ele e a impiedade do ímpio cairá sobre ele".

Por falta de conhecimentos, os povos daquela época diziam que o sofrimento pelos quais estavam enfrentando, era herança dos pecados cometidos pelos seus antepassados, eles acreditavam que os filhos pagavam pelos pecados dos pais, criam que Deus punia os filhos pelos erros e transgressões de seus pais. E havia até um ditado popular que dizia: "OS PAIS COMERAM UVAS VERDES E OS DENTES DOS FILHOS EMBOTARAM" - EZEQUIEL 18:2

Mas o profeta Ezequiel no próprio versículo 20 do capitulo 18 esclarece que: "O filho não levará a iniquidade do pai, nem o pai levará a iniquidade do filho", desta forma, cada um de nós somos responsáveis pelos nossos próprios atos. não devemos esquecer que para um entendimento correto de um versículo bíblico, é preciso fazer uma analise contextualizada do capitulo e as vezes até do livro inteiro.

A verdade é que naquela época estava em vigor a Lei de Moisés. "A LEI MOSAICA", a velha aliança, e a palavra "ALMA" tinha sentido de gente, de pessoa (ATOS 2:41).

E, de acordo com a Lei de Moisés, qualquer pessoa que cometesse pecado tinha que morrer de alguma forma: Apedrejado, crucificado, degolado, e outros meios.

Portanto, "a alma que pecar essa morrera" não se trata da morte espiritual do pecador, trata-se da morte física da pessoa que cometia um pecado.

Hoje estamos debaixo da Graça do Filho de Deus, Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que já pagou pelos nossos pecados, e Ele mesmo afirma que "TODOS os pecados serão perdoados aos homens, exceto a Blasfêmia contra o Espirito Santo" (MATEUS 12:31).

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça". (I JOÃO 1:9).

"Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo" (I JOÃO 2).

Portanto, nos evangelhos encontramos respaldo suficientes para afirmar que: "A ALMA QUE PECA" não morre instantaneamente, a morte da alma só ocorre se a pessoa continuar na vida pecaminosa E NUNCA SE ARREPENDER, viver deliberadamente em pecado.

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor" (ROMANOS 6:23).

Um comentário:

  1. Muito bom! Realmente , em todas as denominações há distorções e textos bíblicos fora de contexto que trazem essas mentiras e erros de interpretação da Bíblia.

    ResponderExcluir