Google+ Followers

terça-feira, 23 de setembro de 2014

A penitencia do último banco na Congregação Cristã no Brasil


Por Onicio Fabri

São muitas as histórias de pessoas que por cometerem pecados tinham que sentar-se no último banco da CCB, o chamado “banco da misericórdia”, não sei se isto ainda é uma prática comum em algum lugar deste país. Mas, uma coisa é certa, era um procedimento vergonhoso, cruel, antiético e desumano, quem cometia pecados principalmente os de ordem sexual como fornicação e adultério, estava fadado ao desprezo total, humilhação, olhares tortos e definitivamente condenado a sentar-se no banco da misericórdia, e aguardar pelo resto da vida o dia do juízo final.

Segundo a concepção religiosa, ali no último banco estavam os “pecadores DE morte” “os caídos da graça” que na cabeça impensante, ou na caixa craniana sem cérebros dos pseudos ministros, aquelas almas não tinham mais direito a salvação. O fatídico último banco na CCB foi por muito tempo palco com histórias de filmes de terror.

Por ser uma época com pouca membresia, geralmente havia poucas pessoas nos dias de cultos, e o ministro que subia no púlpito para presidir, pedia para os irmãos e irmãs que estavam sentados lá atrás fossem para frente, e logo já emendava com uma frase infeliz e horrorosa dizendo: “os pecadores DE morte, os “desviados” podem ficar aí mesmo no último banco" - quantas vezes eu ouvi isso - "Aqueles que pecaram fiquem sentados no último banco, quem sabe a misericórdia de Deus te alcança no último dia".

Eu vivi esta época no interior do Paraná, década de 60, 70 e até 80, eu ainda um jovenzinho que mal estava começando uma vida Cristã já repudiava aquelas barbaridades, o pregador dizia que Deus estava mostrando para ele que ali tinha pecadores DE morte, as vezes ele falava com tanta eloquência que a igreja toda glorificava e alguns até manifestavam em línguas, eu me questionava muito, eu chorava por dentro: será que isto está certo? Será que é Deus mesmo falando na boca desse homem?

As palavras eram extremamente pesadas, dirigidas de uma forma indireta atacando aquelas almas que estavam ali buscando algumas migalhas, alguma esperança e refrigério para os seus corações. Como era triste conviver com aquele desamor, eles julgavam, sentenciavam e condenavam como se estivessem assentados no trono de Deus. Eles não sabiam o que era amor fraternal, amor ao próximo, por não examinar as Escrituras Sagradas, eles não aceitavam o seu próximo que mesmo tendo caído em tentação e pecado, estava ali assentado no último banco buscando de Deus o perdão e a misericórdia.

O ano era 1975, eu estava congregado em uma CCB no interior Paranaense, e o pregador começou a dizer: "Esta igreja hoje está com cheiro de defunto, você pecador DE morte que entrou aqui esta noite volte para o seu lugar, o seu lugar é no cemitério, você está morto e deus - com "d" minusculo mesmo - não te quer mais aqui, você sujou as tuas vestes..." no final do culto fui saber que era um rapaz que havia fornicado. 
Meu Deus! Como foi difícil ver e ouvir aquele infeliz proferindo aquelas palavras de condenação para aquele rapaz.

1 Corintios 6:9-10 - "Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus".

A verdade é que muitas almas que assentaram-se no último banco da CCB, receberam uma sentença, inescrupulosa, covarde, cruel e desumana, num julgamento feito por homens errantes e falhos, homens que nunca chegaram a conhecer e praticar o verdadeiro evangelho de Cristo, porque diziam e pregavam que a “letra mata”...

Mas a justiça de Deus haverá de prevalecer e esses terão que ficar diante do tribunal de Cristo e prestar contas daquelas almas que eles enterraram vivas.

Sobre o Autor: Onicio Fabri é cristão, piedoso servo de Deus, pensador e apologista, é membro da Congregação Cristã no Brasil e ilustre colaborador adjunto do blog Teologando.

56 comentários:

  1. Muito bem colocado: desumano e antiético. Acrescento: crime! Fere a nossa Constituição!!!

    Sério que isso aconteceu????

    Não que eu me surpreenda, pois bem sei que os líderes ainda hoje adoram falar em cemitério, defunto e morte para intimidar as pessoas, (a velha doutrina DO MEDO) mas dessa forma aí, GRAÇAS A DEUS NEM VI NEM PRESENCIEI.

    Caramba, eu sabia (e presenciei algumas situações 'nonsense') de muita coisa, mas isso aí???? A Idade Média é aqui????

    Lamentável... Pois sei o que isso gera nas mentes mais frágeis. Não é à toa que muitos 'servos de Deus' ainda permaneçam nesse cabresto amedrontador que NADA tem a ver com as palavras de VIDA, que geram vida e leveza e que saíram da boca do Jesus Cordeiro de Deus.

    A parte boa fica por conta de Deus levantar pessoas de dentro da própria doutrina que mata, para proporcionar o bálsamo àqueles que tiveram suas mentes cativa, aprisionadas, angustiadas, aflitas.

    Deus é maravilhoso!!!

    Quanto a essa listinha dos que não entrarão no Reino de Deus (que já é, aqui e agora!!!) fico sempre me perguntando: quem vai sobrar?????

    Fico com o amor, o perdão e a misericórdia. Sempre! O mais é religião cruel e perversa que MATA em vida.

    Façamos nossa escolha!

    Valeu pelo texto, mano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rê,

      Que honra receber o seu comentário! Fico enaltecido e lisonjeado quando te encontro aqui!

      Bem, eu não tenho mais dúvidas que no dia do arrebatamento da Igreja e da distribuição dos galardões, teremos surpresas; alias, teremos uma enorme SURPRESA!

      Só me resta copiar o que Cristo - o autor e consumador da nossa Fé - disse certa vez, aos hipócritas e religiosos fariseus:

      "Jesus lhes disse: "Digo-lhes a verdade: Os publicanos e as prostitutas estão entrando antes de vocês no Reino de Deus". (Mateus 21.31).

      Só o que Jesus disse, já vale todo resto... [rsrsrsrs]

      Um grande abraço Rê, e um ósculo santo carinhoso pra Ti!

      Excluir
  2. Irmão Douglas. Só para ficar mais claro. Jesus ao se referir a esses dois tipos de pecadores (considerado os piores de sua época), demonstra que para esses tipos de pessoas o chegar a conversação é "muito mais fácil", pois estavam totalmente nas trevas e agora estão na luz (Porque João veio a vós no caminho da justiça, e não o crestes, mas os publicanos e as meretrizes o creram; vós, porém, vendo isto, nem depois vos arrependestes para o crer. Mateus 21:32), assim mudaram de vida (não são mais meretrizes e nem publicanos - adaptemos para a nossa época), diferente daqueles (não todos) que cresceram na igreja ou então "não tinham uma vida promiscua" e se acham merecedores da salvação, é a esses que Jesus se refere com pesar. Desses sim, "teremos surpresas" (apesar de que, creio eu, não li na Bíblia, nós não saberemos das pessoas que não foram salvas, pois a nossa vida ao lado de Jesus na eternidade, vida perfeita, não seria lugar de sofrimento, exemplo: se vc soubesse que sua mãe não foi salva e que agora está em sofrimento eterno)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito Renan!

      Era justamente esta ideia que tinha em mente ao transcrever Mateus 21.31.

      Observe que o comportamento dos fariseus na época de Jesus, é semelhante - isso para não dizer que é igualzinho - de alguns destes lideres e pseudo anciães, que fecham a porta da esperança para um pecador penitente, e sente-se mais santo a ponto de achar que será "firme e fiel até o fim"... Lembrei de outra passagem: a parábola do fariseu e do publicano (Lucas 18.9-14).

      E sim meu irmão... Teremos muita SURPRESA!

      Um grande abraço, com a paz de Deus!

      Excluir
    2. Mas temos que entender que aqueles pecadores (publicanos e prostitutas) não conheciam a graça do Filho de Deus, por isso não receberam repreensão. Mas, o que Jesus diz a mulher que foi pega no ato do adultério? "Eu também não te condeno. Vai E NÃO PEQUES MAIS". A partir daí era outra história. O publicano resolveu devolver o que cobrara a mais (Zaqueu), e a prostituta tornou-se discípula (Maria Madalena). Foi o mesmo quando o Senhor nos revelou esta graça. Eramos leigos. Hoje sabendo o bem e o mal, o juízo sobre nós é diferente.

      Excluir
  3. Numa igreja num ajuntamento que não tem um Sistema de Governo eclesiástico organizado e bem estruturado, só vai acontecer mesmo isto sempre!. Porque a preocupação é com o número de igrejas e mais igrejas. É melhor numa cidade um número reduzido de igrejas mas com solidez, estrutura, organização; de que numa cidade quase em todos os bairros, quase se esbarrando uma nas outras e ainda por cima com toda esta deturpação doutrinária. Agora para estes prejudicados conforme é narrado neste Blog; existe ai em fora as Autoridades competentes, Ministério Público!. Sim!, Sim! Porque não? Se não existe um Sistema de Governo eclesiástico estruturado com solidez como argumento, sempre os amigos da CCB terão estes transtornos que não tem nenhum fundamento bíblico. Salvação e Condenação somente no dia do juizo final!. Pensem nisto!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Anônimo,

      O que lamento com pesar, são os sérios transtornos psicológicos que essas bizarrices doutrinárias ocasionam na vida destes irmãos que pecaram, e se arrependeram posteriormente!

      Em casos extremos, também sou a favor de procurar as autoridades, uma vez que a denominação não tem a menor competência, e o menor conhecimento bíblico para saber tratar estes casos!

      Tive conhecimento, que houveram casos de abuso moral numa certa denominação pentecostal, muito famosa (não vou falar o nome da Igreja). Todavia, o membro foi inteligente; pois procurou as autoridades, fez Boletim de Ocorrência, e entrou com processo na justiça contra a denominação!

      Como tinha todas as provas - pois ele havia gravado muita coisa - ganhou na justiça a ação, e a igreja foi condenada a indeniza-lo no valor de R$ 200.000, 00.

      Achei muito justo, pois a autoridade eclesiástica mostrou-se incompetente para conduzir o caso deste irmão!

      Um grande abraço irmão Anônimo, com a paz de Deus!

      Excluir
    2. Em relação aos sérios transtornos psicológicos, vou deixar um pouco da minha história: Em 2008 eu pequei com uma moça do mundo, tivemos relação sexual algumas vezes. Fui até o encarregado e expus o acontecido, ele me disse que por ele era pra eu continuar servindo a Deus quietinho no meio da orquestra que uma hora a misericórdia iria me abraçar. Mas ele levou o caso pro ancião e por fim de tudo tiraram minha liberdade sem mesmo orar a Deus antes, por que isso, eu sempre tive transtornos psicológicos e fui descubrir faz 1 mês a verdadeira causa, que é o TOC, transtorno obsessivo compulsivo. Isso me levava muitas vezes a usar drogas, beber e sempre que congregava eu nunca pegava a palavra para o meu bem, só pegava as "punições" que vinham de lá de cima pela boca de alguns irmãos, o tipo: Guarda-nos de PECAR na sua presença, eu já me sentia acusado sem mesmo ter pecado, sempre carreguei muita culpa devido ao TOC, foi aonde eu cansei e pensei que não haveria mais solução pra minha vida, aí eu PEQUEI DE VERDADE. Mas depois do ocorrido, o senhor Jesus mandou várias palavras a respeito do perdão, dizendo que eu fui escolhido por Deus e que eu era um Davi em sua presença e que era para eu ir e não pecar mais, ouví isso várias vezes, mas está muito difícil porque eu sempre me sinto acusado e sempre as pessoas me perguntam: CADE O VIOLINO???? Aíi eu tenho que omitir, mas todos já sabem, porque tiveram o prazer sádico de me expor para todos os outros que acham que são mais santos do que os outros. Faz 6 anos que estou sem tocar, nesse meio tempo Deus me preparou um casamento e me deu um filho perfeito e com saúde. Esses dias fui na escolinha perguntar pro encarregado se voltaria a tocar um dia, esse sentiu alegria e disse que sim que só ia falar com o ancião no sábado. No sab fiquei do lado de fora da igreja olhando pelas janelas, só vi o ancião gesticulando os braços e dizendo que era pra eu ter mais calma. MAIS CALMA DO QUE EU JÁ TIVE DURANTE 6 ANOS? Será que eu sou tão maldito assim???? Minha índole não é má, muitas coisas que fiz foi por estar em crise e por uso de drogas! CADE A MISERCÓRDIA QUE ELES TANTAM PREGAM? Uma vez veio Salmos 6, e o Senhor veio me perdoando pela palavra, e no decorrer dizia: Não venha cobrar seu ministério porque no tempo certo Deus o trará de volta!
      Tudo é muito estranho, não tenho vontade de trabalhar, não tenho vontade tocar meu instrumento em casa, quando eu oro parece que a oração não sobe. Não sei mais o que fazer!

      Deus abençoe a tds!

      Excluir
    3. Mas depois do ocorrido, o senhor Jesus mandou várias palavras a respeito do perdão, dizendo que eu fui escolhido por Deus e que eu era um Davi em sua presença e que era para eu ir e não pecar mais, ouví isso várias vezes, mas está muito difícil porque eu sempre me sinto acusado

      Irmão anônimo :
      Pelo que entendi no seu post , o Senhor Jesus te perdoou e pediu para você não pecar mais. Na minha humilde opinião JESUS JÁ te perdoou , mas você ,Não se perdoou.. está sendo muito duro com você mesmo!! Por isso esse desânimo , falta de fé que a sua oração sobe , etc..Mesmo que você ainda não esteja tocando , se alegre! Se alegre pela misericórdia de Deus na sua vida dia a dia, se alegre pela linda família que Deus te deu , pelo seu filho e esposa ... e que o passado seja como uma lição aprendida e que você no dia de amanha terá uma palavra de consolo para aquele que estiver oprimido. Se você não pode ainda tocar na igreja , louve a Deus na sua casa. Ele com certeza receberá o seu louvor...Agora mais do que nunca Deus está de ouvindo . Por que Ele sabe que você está carente de Sua Presença , do seu amor , do seu abraço! Ele sabe que você está muito triste! Por favor , mude sua forma de pensar! Creia que Deus te ama e se preocupa com você! Pense no amor de Deus para com a sua alma , no seu perdão e misericórdia e você vai ver como as coisas vão mudar...Siga em frente , não fique tão preso ao passado...Coisas boas estão por vir!! Espere e verás . Deus te abençoe!

      Excluir
    4. Será que eu sou tão maldito assim????
      Tudo é muito estranho, não tenho vontade de trabalhar, não tenho vontade tocar meu instrumento em casa, quando eu oro parece que a oração não sobe. Não sei mais o que fazer!

      Querido irmão :
      Muitas das nossas enfermidades são resultados da depressão ou de sentimentos negativos em relação a nós mesmos: "não tenho mais jeito" "sou uma desgraça" "sou um doente" "sou um maldito e pecador " e assim por diante. Observe que julgamos a nós mesmos de uma forma tão punitiva , que não aguentamos o próprio peso dessa punição! E com isso abrimos as portas para mais coisas negativas , e o pior pensando que já fazem parte de nossa vida .Nosso corpo então acaba absorvendo esse tipo de afirmação e acaba adoecendo. Você se entregou a esse ciclo de culpa , medo e desespero! Por causa disso , estás andando em círculo e de cabeça baixa; sendo assim; não consegue prosseguir , e olhar para os lados ;e enxergar a beleza que te circunda, e nem sentir o amor e perdão de Deus para contigo! LEVANTE tua cabeça, reconheça o amor de Deus para contigo, e dos que estão ao teu redor. Não se preocupe com o julgamento de outras pessoas a seu respeito . Por que todo o sofrimento começa dentro do interior.Siga enfrente , cheio de esperança, amando , fazendo o bem ao teu próximo , orando , tendo Deus como o teu melhor amigo e confidente , pois afinal Ele é o teu Pai. Olhe em volta e logo perceberás que alguém está precisando de sua ajuda , de um conselho seu... Satã quer isso mesmo : que você fique nesse casulo , nesse emaranhado de pensamentos negativos...inerte , numa nuvem cinzenta! Pense nisso! Abs.

      Excluir
    5. Davi transgrediu a lei do Senhor e pra conseguir o perdão (que não foi do dia para noite) CHOROU LÁGRIMAS DE SANGUE, porque foi como se ele fizesse Jesus passar pelo vitupério novamente, entendeu? Conheceu o Senhor e foi como a porca que voltou para o chiqueiro, e o cachorro ao próprio vômito.

      Excluir
    6. "[...] porque foi como se ele fizesse Jesus passar pelo vitupério novamente, entendeu? Conheceu o Senhor e foi como a porca que voltou para o chiqueiro, e o cachorro ao próprio vômito."

      Anônimo, com essa perola de "sabedoria" você conseguiu superar os limites do bom senso - literalmente falando!

      Que relação pode haver entre o pecado de Davi, que estava vivendo segundo a perspectiva do código penal hebreu, com a Graça inaugurada pelo Cristo?

      Leia o artigo "O cão e a porca"; o mesmo foi publicado aqui, basta digitar o titulo no campo de procura, ok?

      Que Deus tenha misericórdia...

      Excluir
    7. ANONIMO ;

      Você não leu que Jesus o perdoou e recomendou-lhe que não pecasse mais? Você quer ser mais do que Jesus? Pare de colocar jugo nas pessoas ...

      Excluir
  4. E a maior ABOMINAÇÃO (Ezequiel 8: 15-18) da qual faz parte a MAIORIA das Altas lideranças das Igrejas NINGUÉM, absolutamente NINGUÉM FALA NADA. Pesquisem no google: A MAÇONARIA NA CONGREGAÇÃO CRISTÃ; 2) A legendária carta de Jeremias guido; 3) 2. O Servo de Jesus Cristo e a maçonaria; 4) A trama diabólica que derrubou o ancião José Nicolau; SAIBAM MAIS SOBRE a RELIGIÃO SATÂNICA - MAÇONARIA, da qual as ALTAS LIDERANÇAS POLÍTICAS e EVANGÉLICAS fazem parte, PESQUISEM NO GOOGLE: www.SIMCEROS.org;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é querido irmão Anônimo,

      Não só estas coisas que o nobre irmão citou, mas acontecem outras ainda piores, por trás dos bastidores da CCB!

      Por isto eu insisto em dizer, ainda que me chamem de "endemoniado", "traidor da graça", "blasfemador da obra santa" e demais adjetivos tecidos a mim, nos blogs que eu participo:

      Estão completamente equivocados, àqueles que pensam que "essa obra santa é guiada pelo Espírito Santo".

      Oremos meu irmão Anônimo, OREMOS!

      Um grande abraço, com a paz de Deus!

      Excluir
    2. Pode ficar tranquilo, pois apesar de haver algum erro humano, esta é a Graça de Deus...
      Se não fosse guiada pelo Espírito Santo, já teriamos políticos pregando para ganhar votos, irmãs usando calça nos cultos, já estariam participando das festas da igreja romana....
      Tudo o que acontece nesta Obra é cumprimento das cartas para as igrejas escritas noa Apocalipse...

      Excluir
    3. hahahahaha

      "Graça de Deus" a CCB?

      Quer dizer que Cristo vem a Terra, morre e ressuscita pra só depois de 1900 anos Deus salvar quem fizer parte de um grupinho?

      Sim GRUPINHO. 2 milhões e meio no Brasil e mais um punhadinho nos outros países, num planeta de 6 BILHOES de pessoas.

      Por favor, vai pensar um pouco antes de querer entender o que está escrito no Apocalipse.

      Leia mais os Evangelhos porque Luis Franscescon pra voce é mais importante que JESUS CRISTO.

      Pessoas como voce tem feito da CCB o verdadeiro Anticristo na Terra, idolatrando a igreja e o fundador.

      Lastimável.

      Excluir
    4. antes de 1910 todos serão julgados pelas obras da carne, deixa de ser ignorante zé, e o mundo ainda não acabou não zé, Deus ainda vai chamar muitos povos, já começou pela índia e pela África
      onde aceita a verdadeira doutrina, ELE já tem a turma dele desde da fundação do planeta, o julgamento já começou pela casa de DEUS, ele tá preparando o povo que dá ouvida a sua palavra, seja vc. tb. um escolhido dele, guarda a sua palavra em vez de ficar digitando besteira, tenha um pouco de raciocínio, se humilha só assim vc. conseguirá alcançar a vida eterna depois da morte, não faça apologia ao pecado dizendo que adultero e fornicario vai alcançar perdão, tá escrito nem nesse século nem no vindouro,,, acorda uma vez lavado a consciência já era....e como uma porca lavada, é como cão que vomita.

      Excluir
    5. Prezado Roma,

      Não sou o tal "Zé" a quem você se refere, porém me mostra aonde que está escrito que "Adúltero e fornicário não vai alcançar perdão nem nesse século nem no vindouro".

      E me diga aonde está escrito que "Antes de 1910 todos serão julgados pelas obras da carne".

      Ahh, já sei. No "Evangelho do Terror Segundo Roma".

      Só pode...

      Eita religião que tira o cérebro das pessoas! Aff!!!

      Excluir
    6. 99,9 % dos que desvia dos caminhos do Senhor não adquiri força para voltar a congregar, e olha que eu mesmo já incentivei vários, mas nada, é só vc. raciocinar que a questão não se refere se tá escrito ou que algum ministério desceu o porrete em que pecou, é que ele o contrário (diabo) acusa dia e de noite o cidadão nessas situação, onde as forças são transpassada,
      agora não me faça apologia ao pecado, incentive a todos a ser fiel a guardar os mandamentos do Senhor, porque está escrita nas sã palavra do Pai, quem tá em pé cuidado para não cair, a alma que pecar essa morrerá, são manchas nas vossas festas espirituais, são nuvens sem água, ELE não vai mudar a palavra da vida para agradar ninguém, porque a palavra manda mais que ELE, e está acima da cabeça DELE, aquele for firme e fiel dar-te-ei a coroa da vida eterna, basta raciocinar um pouco dos que irão entrar no santuário de DEUS,,,,DEUS não tem vinculo com o pecado, ELE abomina o pecado, uma vez lavado a consciência, experimentou das delícia do espírito e vier a pecar nem nesse século nem no vindouro, todo pecado que o homem praticar fora do corpo orando serão perdoados o pecado corpo com corpo gera a morte, morte do quê? do Espírito Santo que fazia moradia em seu coração, onde não resta mais nada a ser feito, HP raciocina um pouco, quando alguém crê na palavra e faz o concerto de vida eterna, que é o batismo a pessoa recebe o penhor do Espírito, começa a andar em novidade de vida, livre do pecado, foi lavado sua consciência, ainda que seus pecados forem do cor do sangue ELE os torna como a neve, lança nas profundezas do mar e não se lembra mais deles,
      ai eu depois de tudo isso vou e me prostituo, faço corpo com uma meretriz, ou com uma mulher que não seja minha esposa,
      isso é PECADO meu amigo, uma espada transpassa a minha alma, só me resta angustia e aflição, nem que vier o homem sábio em palavras me consolará, porque tá dentro de mim, olha tenho exemplo dentro da minha família, quanto que lutei para a pessoa da minha família voltar e firmar com o Senhor, nada, porque tá dentro de cada um, tem mais desligado na terra desligado no céu, é difícil
      mas diante de tudo isso eu não tenho céu nem inferno para dar a ninguém, só to aqui defendendo a PALAVRA DE DEUS, ele ama o pecador mas abomina o pecado, quem peca é do diabo, filhinhos não erreis,

      Excluir
    7. A pessoa não quer congregar porque a CONGREGACAO ensinou-a que ela pecou de morte.
      Foi a CONGREGACAO que ensinou ela assim.

      Cristo não ensinou assim.

      E se você cita João, cite também o que João ensina sobre o pecado:

      "Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.
      Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.
      Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós."
      1 João 1:8-10

      Você peca, mesmo depois de batizado, Roma. Você e todos os humanos.

      Paulo diz "eu sou carnal, vendido sob o pecado. orque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço." Rm 7:14-15

      Depois destes pequenos versos bíblicos, Roma, responda: Você depois de batizado nunca mais pecou?

      Excluir
    8. Roma,

      Não fale bobagens!

      De onde você tirou esta Estatística dos 99,9%?

      É obvio – como bem explanou o HP – que muitos não irão voltar mesmo; e isso não tem nada haver com morte espiritual, com fraqueza e bla, bla, bla...

      Conheço muitos irmãos que pecaram e sentem-se envergonhados, mas desejam no intimo voltar a congregar!

      Só não congregam mais, porque os hipócritas do templo humilham, desprezam, sequer saúda o irmão com a paz de Deus...

      E é incrível, pois os tais defendem as mesmas sandices que você falou aqui neste espaço.

      Jesus nunca ordenou que se pregasse a condenação Eterna para o pecador, quem dirá a crentes que pecaram!

      A ordem do Senhor Jesus – a quem eu sigo – foi a de pregar o arrependimento e remissão dos pecados, em seu Nome!

      Observe:

      “Depois lhe disse: São estas as palavras que vos falei, estando ainda convosco, que importava que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos. Então lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras; e disse-lhes: Assim está escrito que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressurgisse dentre os mortos; e que em seu nome se pregasse o arrependimento para remissão dos pecados, a todas as nações, começando por Jerusalém. Vós sois testemunhas destas coisas.” (Lucas 24.44-48).

      Roma, ninguém aqui esta fazendo apologia ao pecado; é você que não sabe interpretar os artigos, e muito menos, os versículos Bíblicos!

      Acorda Roma!

      É hora de cessar e extirpar essas burrices doutrinárias e estes ensinos (ensinos?) que nada tem de Bíblico, que você soube reproduzir muito bem aqui!

      Há vida fora dos muros da CCB, e esta vida você vai encontrar no Jesus dos evangelhos!

      Excluir
    9. Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo,
      E provaram a boa palavra de Deus, e as virtudes do século futuro, E recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério.
      Hebreus 6:4-6

      Excluir
    10. Porque vós bem sabeis que mandamentos vos temos dado pelo Senhor Jesus.
      Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da fornicação;
      Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra;
      Não na paixão da concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus.
      Tessalonicenses 4:2,3,4,5
      1 Tessalonicenses 4:2-5

      Excluir
    11. ???

      Roma,

      Nenhum dos textos em questão diz que o adúltero ou fornicário estão eternamente perdidos e condenados!

      O irmão - inconcientemente (?) - esta fazendo EISEGESE com os textos Bíblicos, isto é, esta atribuindo significados quais não tem nada haver com o contexto, e ainda, nem era a intenção do autor estes significados que o nobre irmão expos.

      É compreensível sua fala uma vez que o irmão aprendeu por muitos anos, os erros de interpretação dos incautos do ministério da CCB.

      O texto de Hebreus 6.4-6 não se trata de pecado de ordem moral...

      Sugiro que o irmão faça a leitura do artigo "Uma concisa analise Exegética da passagem de Hebreus 6.4-6" publicado aqui neste blog.

      Que Deus te abençoe e ilumine o seu entendimento!

      Douglas

      Excluir
    12. E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
      E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
      E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.
      Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;
      E não perdoou ao mundo antigo, mas guardou a Noé, a oitava pessoa, o pregoeiro da justiça, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios;
      E condenou à destruição as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinza, e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente;
      E livrou o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis
      (Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, por isso via e ouvia sobre as suas obras injustas);
      Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;
      Mas principalmente aqueles que segundo a carne andam em concupiscências de imundícia, e desprezam as autoridades; atrevidos, obstinados, não receando blasfemar das dignidades;
      Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor.
      Mas estes, como animais irracionais, que seguem a natureza, feitos para serem presos e mortos, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção,
      Recebendo o galardão da injustiça; pois que tais homens têm prazer nos deleites quotidianos; nódoas são eles e máculas, deleitando-se em seus enganos, quando se banqueteiam convosco;
      Tendo os olhos cheios de adultério, e não cessando de pecar, engodando as almas inconstantes, tendo o coração exercitado na avareza, filhos de maldição;
      Os quais, deixando o caminho direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça;
      Mas teve a repreensão da sua transgressão; o mudo jumento, falando com voz humana, impediu a loucura do profeta.
      Estes são fontes sem água, nuvens levadas pela força do vento, para os quais a escuridão das trevas eternamente se reserva.
      Porque, falando coisas mui arrogantes de vaidades, engodam com as concupiscências da carne, e com dissoluções, aqueles que se estavam afastando dos que andam em erro,
      Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção. Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo.
      Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro.
      Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado;
      Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.
      2 Pedro 2:1-22

      Excluir
    13. Roma,

      De novo você esta fazendo EISEGESE com texto Bíblico!

      Esta passagem que você transcreveu, não esta falando de crentes que nasceram de novo e cairam no pecado de adultério e fornicação!

      Percebe a salada que o irmão esta fazendo com os textos Bíblicos?

      Esta faltando ordem nas coisas, bem como regras de gramática, hermeneutica e exegese para "tirar para fora" (EXEGESE) a verdadeira interpretação e não "colocar para dentro" (EISEGESE) a interpretação da CCB.

      Você precisa considerar todo o contexto de 2 Pedro 2

      Escrevi uma analise exegética desta passagem no artigo "O Cão e a Porca", e publiquei aqui no blog.

      Sugiro que o irmão leia o artigo e tire as suas conclusões!

      Douglas

      Excluir
  5. Creio que para DEUS somente há um expiador dos pecados, Jesus Cristo.
    E quem peca, dito pecado de morte, nao há mais salvaçao.
    Como toda justiça pode fazer diferença, porque nao para DEUS, mesmo sendo pecado de morte.

    ResponderExcluir
  6. Lendo alguns comentários anteriores, sou forçado a pensar o quanto esse povo erra por desconhecer as Escrituras.Eles insistem no tal pecado DE morte. Mas pensando bem a culpa é do sistema CCB que passou 105 anos pregando e ensinando a grande massa cccbista a enveredar-se pelos caminhos do erro.....Isto só se corrigirá no dia que esse povo abrir a mente e começar a examinar / estudar as Sagradas Escrituras....confesso que já me cansei de dizer, de escrever, de orientar, que: em nenhum ponto da bíblia está escrito pecado "DE" morte, está escrito sim, pecado "PARA" morte, que nada mais é que o pecado continuado, aquele que o pecador não tem a mínima disposição em abandona-lo, em se arrepender....pecado DE morte é um termo inventado pela CCB...Observem que quando se troca a preposição "PARA" pela proposição "DE" a frase toma sentido diferente.

    ResponderExcluir
  7. KKKKKK com letra maiúscula...
    Vamos colocar "os pingos nos is".
    Caro irmão Fabri, e os demais telespectadores desse "amável" :( blog (que parece que nasceu para discriminar denominações. UAU). O que o nosso querido irmão Roma está querendo dizer (me corrija se eu estiver errado), não é que pecado não tem perdão, a não ser contra o Espírito Santo. É que quando se conhece a Jesus Cristo, o qual não morreu para que somente nós molhássemos nossos belos cabelos na água do batismo, é necessário uma mudança completa de vida. Ser perfeito? Não! Só Cristo. Mas... e o negócio de "sejam santos porque Eu, o Senhor vosso Deus sou Santo", e "sejam pois imitadores de Deus como filhos obedientes"? Onde é que se encaixa isso? Se for pra ir pro céu de qualquer jeito, Jesus morreu pra que mesmo?
    Interessante mesmo é a gente mudar uma palavra inteirinha pra Bíblia ficar do nosso jeito. Legal. Mas, ô Fabri. E o negócio do tio e do j que não é pra mudar na Palavra de Deus? Ou na sua não tem isso? Ah. Entendi... Dói na carne ouvir a Palavra de Deus como ela é, não é? Você já leu a parte que Pedro escreve sobre os inconstantes e indoutos que torceriam a Palavra para sua própria perdição? Pecado? Tem perdão. Não todos. Porque Jesus morreu pra salvar os com fé e com boas obras. Sirvamos a Deus como Ele quer, não do nosso jeito.
    Deixei um comentário la no "BIBLIOMANCIA DA CCB" Dá uma lida.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que Jesus ia pra casamento e nao deixava faltar VINHO, alimentava o povo até FARTAR, conversava com PROSTITUTA quando só falar com mulher já era escândalo...

      Jesus seria um baita CARNUDO para você, Anônimo Santarrão-Santarado. rsrsrsrsrs

      Excluir
  8. Você entende a bíblia pela letra e a interpreta com sua carne. Nunca vai entender os mistérios de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Responda por favor!

      O que é entender a Bíblia pela letra?

      O que é mistério de Deus?

      Excluir
  9. Achei que não iria voltar, mas vou responder sua pergunta. A bíblia diz que Deus não dorme e nem tosqueneja, mas não se esqueça de que Ele descansou no sábado. A Bíblia também diz que Deus não se arrepende, mas diz que Ele se arrependeu de ter feito o homem. Deus sabe todas as coisas, inclusive o que irá acontecer. Porque dizer a Adão para não comer da árvore sabendo que eles desobedeceriam? Isto é chamado mistério de Deus, meu caro, somente indo pela letra nunca entenderemos.
    Vã é nossa discussão, meu irmão. Acredito que todos nós temos um desejo sincero de entrar no céu. Deus nos modelará, tenho certeza.
    Abraço. A paz de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Não percebe o tamanho do antagonismo em suas palavras? Não há contradição na Sagrada Escritura!

      É compreensível, uma vez que você – creio eu – não tem acesso e familiaridade com o idioma hebraico; a língua original do Antigo Testamento.

      O verbo arrepender no hebraico, quando se refere a pessoa de Deus não é aplicável as ações humanas; diferente quando se narra o arrependimento humano, isto é, o arrependimento de Deus não é o mesmo conceito que temos e conhecemos do ato de arrepender-se.

      Portanto o conceito filosófico que temos do sentimento de arrepender-se de algo, é completamente diferente quando se aplica a divindade.

      O que o escritor Bíblico quer dizer, é que Deus jamais erra como o ser humano ao cometer um erro!

      Não vejo nada de misterioso em questionar a prática litúrgica da CCB, e denunciar seus erros doutrinários; muito pelo contrário, o cristão é, justamente, compelido a isso!

      Com todo o respeito, o nobre irmão precisa parar com este misticismo “ccbeiano” e começar a dedicar-se com esmero e entusiasmo a prática da leitura da Sagrada Escritura!

      O mistério de Deus que você tanto enfatiza já foi revelado para a humanidade há mais de 2000 anos: é Cristo e seu santo Evangelho (Colossenses 1.25-29).

      Que Deus te abençoe e bom domingo!

      Excluir
  10. Porque dizer a Adão para não comer da árvore sabendo que eles desobedeceriam?

    Não seria livre arbitro? Deus conhece tudo , mas nós não .Precisamos passar para poder conhecer ou compreender...
    O que você acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No caso livre arbitro X aceitar ou fazer a vontade de Deus .

      Excluir
    2. Correição :livre-arbítrio

      Excluir
    3. Interessante, minha irmã. Mas eu não disse que não sei o porque. Pensa comigo: existe aquela pessoa que não busca a Deus, porque acha que Ele não deveria ter permitido assim, sabendo que, com o pecado na terra, alguns não alcançarão a salvação, correto? O que estou querendo dizer é que entendimento se alcança pelo Espírito e não pela letra (o que não quer dizer que sei mais que alguém).
      O que você acha?

      Excluir
    4. SIM, o entendimento espiritual está ainda mais longe do alcance, da nossa mente limitada , porque é conhecimento sobre as coisas que, “nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano” (I Cor 2.9), e que somente podem ser reveladas pelo Espírito de Deus (I Cor 2.12). É sem dúvida “o entendimento , a ciência que vem do alto” (Tg 3.17), e que pode vir somente do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação. O Espírito de Deus, cujo ofício é o de transmiti-la aos homens, é chamado de “o Espírito de sabedoria e de entendimento, espírito de conselho e de poder, o Espírito de conhecimento e de temor do Senhor” (Is 11.2), e a ele somos direcionados “para abrir os olhos do nosso entendimento”, e “nos guiar em toda a verdade” (Jo 16.13), uma vez que é apenas pela unção derivada dele, que podemos obter discernimento e conhecimento espiritual.

      Excluir
  11. Bem , esta é a minha humilde opinião (sou analfabeta em Teologia) . Um trecho que eu entendo que a letra pode até escandalizar foi quando Jesus disse: "“Comei a minha carne e bebei do meu sangue” . Através do Espírito de Deus compreendemos o que Ele quis dizer... Também tem outro trecho onde Jesus pergunta :"Que vós dizei quem eu sou?" Pedro diz que Ele é o Messias , Filho de Deus" Então , Ele responde para Pedro que "quem lhe revelou isso , foi o Espírito de Deus" ... Quer dizer : no que concerne às cousas espirituais , somente o Espírito de Deus pode nos revelar , abrir os olhos , dar entendimento etc... A carne em si só não é capaz de compreender tais coisas... Bem é o que penso e posso estar errada...

    ResponderExcluir
  12. Até o mandamento de Jesus " amai-vos uns aos outros" só é possível do jeito que Ele nos pediu , através do seu espírito em nós , que é a Caridade!!! È seu Espírito em nós que faz gerar o amor sincero , não fingido , a caridade , etc... A carne também ama , mas não tão forte e intenso e de maneira incondicional como o espírito.

    ResponderExcluir
  13. Meu caro anônimo, em momento algum eu estou pretendendo tirar ou acrescentar um "til" ou "j" na bíblia para se encaixar as minhas necessidades.....o que eu enfatizo no post anterior é que em nenhum ponto da bíblia está escrito "pecado "DE" morte"...se o nobre "santo" me mostrar aonde está escrito dessa forma, eu juro que rasgo a minha bíblia e viro ateu....está lançado o desafio!

    ResponderExcluir
  14. Não aceito o desafio, pois sua alma vale mais que isso, pois foi comprada por muito mais que uma aposta: foi com sangue. Mas me responda uma coisa, e bem claramente: a diferença de pecado para morte e pecado de morte.
    (Obs.: Creio que aquele que já conheceu a Deus e peque, tenha perdão. Mas acredito em um perdão conquistado como o de Davi: com sofrimento e lágrimas. Muitas lágrimas...Quando não se conhece a Deus, o juízo é um. Depois que temos conhecimento, o juízo é outro. Não creio em um perdão que venha sucessivamente: fornico, Deus me perdoa, adultero, Deus me perdoa, idolatro, Deus me perdoa, etc.)
    Abraço.

    ResponderExcluir
  15. A Paz de Deus.

    Quão profunda e misericordiosa é graça Chamada Jesus Cristo.!
    Esse artigo não é de minha autoria,apenas gostaria compartilhar com todos.

    Pedro negou a Jesus

    Parte I

    Na casa do sumo sacerdote, Jesus enfrentava a interrogação pelo Sinédrio. O sumo sacerdote invocou o nome de Deus para exigir uma resposta do acusado à sua pergunta: “Eu te conjuro pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus” (Mateus 26:63). Se o relato de Mateus (26:64) deixa alguma dúvida sobre o significado da resposta, Marcos 14:62 esclarece. Jesus disse: “Eu sou, e vereis o Filho do Homem assentado à direita do Todo-Poderoso e vindo com as nuvens do céu”. Jesus não vacilou. Confessou a verdade.

    Ao mesmo tempo, poucos metros distante de Jesus, um dos seus discípulos não mostrou a mesma convicção e coragem. Simão Pedro, três vezes, negou a Jesus. Vamos pensar sobre o erro dele naquela noite.
    A Circunstância: Pedro no Meio dos Inimigos de Cristo

    Quando Jesus foi preso no Getsêmani, Pedro reagiu com a espada e foi repreendido pelo Senhor. Logo depois, os apóstolos foram dispersos, fugindo com medo de serem presos com Jesus. Mas dois deles seguiram para saber o que aconteceria com Jesus (João 18:15). Tudo indica que o companheiro de Pedro nessa hora foi o apóstolo João, que relatou os detalhes no seu evangelho.

    O outro discípulo entrou na casa do sumo sacerdote, mas Pedro ficou na rua. Com certeza, estava com medo. E, pelo fato de ter cortado a orelha do servo do sumo sacerdote, provavelmente sentiu mais receio ainda quando se aproximou da casa deste líder dos judeus. Mesmo assim, João conseguiu levar Pedro para dentro, onde este discípulo vacilante ainda ficou afastado, mais perto dos guardas e servos.
    Sem querer, João colocou Pedro numa posição de grande provação. Não foi tão difícil para João estar no meio dos judeus, mas Pedro não suportou a tentação.
    Pedro Negou a Jesus
    Três vezes, Pedro negou o seu Senhor. Aproveitemos algumas lições:
     Quando a criada perguntou, Simão negou sua associação com Jesus (João 18:17). Ele começou muito mal. Se tivesse entrado na casa já confessando a sua fé em Jesus, ele não teria mais motivo para fugir da realidade. Deus promete uma saída de todas as tentações (1 Coríntios 10:13), mas Pedro não a procurou. Não ficou firme. Não fugiu da circunstância difícil. Não pediu ajuda ao irmão que estava próximo.
     No meio dos guardas, Pedro negou pela segunda vez. Depois de entrar, Pedro se aquentou ao lado dos guardas (João 18:18). Ele não se identificou como discípulo de Jesus. Enquanto Jesus respondia a uma pergunta sobre sua doutrina e seus discípulos, e sofria nas mãos dos guardas (João 18:19-22), Pedro viu os guardas perto dele e negou ser discípulo do Cristo (João 18:25).
     Quando reconhecemos o perigo em determinados lugares ou em certas atividades, devemos ficar longe. Salmo 1:1-2 mostra que devemos evitar diversas circunstâncias de tentação. Se não andar no conselho dos ímpios, não se deterá no caminho dos pecadores e não se assentará na roda dos escarnecedores. Pedro se aquentou no meio dos guardas, e não mostrou firmeza na sua fé.
     Quando encarou um parente de Malco, Pedro negou a Jesus pela terceira vez. Por final, chegou um parente de Malco, aquele cuja orelha foi cortada por Pedro no Getsêmani. Podemos imaginar o que passou pela cabeça de Simão nesse momento. Talvez imaginasse que o parente de Malco procuraria vingança. Mais uma vez, o medo tomou conta e o discípulo mostrou covardia. Em vez de exaltar o seu Senhor, Pedro pensou em si, e queria se livrar da imaginada ameaça de agressão.



    ResponderExcluir
  16. Parte II

    O fato é que Pedro não teve como saber como esse homem reagiria à verdade. Se Pedro tivesse dito: “Sim, sou eu. Agi por impulso e contrariei tudo que o meu Mestre me ensinou. Peço desculpas e dou graças a Deus que Jesus curou o seu parente no mesmo instante”, como o homem teria reagido? Teria mostrado ira contra Pedro, ou admiração e fé para com Jesus? Nunca saberemos, porque Pedro perdeu essa oportunidade.

    Quantas oportunidades nós perdemos porque imaginamos como alguém responderá antes de oferecer-lhe oportunidade de ouvir a verdade? Será que nossa covardia, vergonha ou timidez esteja impedindo a salvação de pessoas ao nosso redor?

    Pedro Perante o Senhor
    Pedro acabou de negar Jesus pela terceira vez quando o galo cantou, cumprindo a profecia de Cristo e relembrando esse discípulo fraco das palavras de seu Senhor.
    Quando uma pessoa boa tropeça e peca, a consciência acusa. Ela lembra das palavras do Senhor e procura reconciliar-se com o seu Mestre. Quando a consciência do pecador não o acusa, há algo muito errado. Ou a consciência não foi treinada pela palavra de Deus, ou já foi cauterizada pelos costumes pecaminosos da pessoa (veja 1 Timóteo 4:2). Uma das coisas mais assustadoras na vida do servo de Deus é de poder pecar contra Deus sem sentir nada. A consciência inútil é sintoma de enfermidade ou até de morte espiritual.

    Lucas acrescenta mais um fato importante. Na hora que Pedro negou a Jesus pela terceira vez, o Senhor olhou para ele (Lucas 22:60-61). Quando pecamos, Jesus olha para nós, também (Hebreus 4:13). Podemos esconder nossos pecados de outras pessoas. Podemos até enganar a nós mesmos, achando algum raciocínio para justificar os nossos próprios pecados. Mas jamais esconderemos o nosso pecado de Deus. Ele vê tudo, e julgará a todos.

    O que Pedro viu quando Jesus olhou para ele? Será que sentiu a rejeição por ter lhe rejeitado? Certamente merecia isso. Será que viu a repreensão e a condenação por sua atitude pecaminosa na hora de provação? Jesus não pôde aprovar o erro. Ao mesmo tempo, será que Pedro enxergou, no meio das acusações e injustiças dos homens, o amor de Jesus e seu desejo de reconciliar-se com seu discípulo vacilante? Com certeza, a vontade do Senhor é de trazer os seus servos falhos de volta à comunhão com ele.

    E quando nós pecamos, o que enxergamos quando olhamos para Jesus? Se persistirmos no pecado, precisamos sentir a repreensão e até a rejeição. Mas o pecador arrependido encontra na pessoa de Jesus a vontade de perdoar e reconciliar-se. Jesus nos ama, e quer nos salvar eternamente. É essencial enxergar a compaixão e amor no olhar dele.





    ResponderExcluir
  17. Parte III

    Algumas Lições

    Há muitas lições importantes no exemplo de Pedro. Espero ter despertado em você, por meio desse pequeno artigo, um desejo de estudar mais e refletir sobre o significado dessa história. Consideremos algumas lições que podemos aproveitar e, no seu próprio estudo, certamente encontrará outras.
     Cuidado com a impulsividade. Impulsos e primeiras reações nem sempre são errados, mas freqüentemente apresentam perigos maiores. Pessoas que falam sem pensar podem fazer grandes confissões (veja Mateus 16:16), ou podem se tornar pedras de tropeço (Mateus 16:21-23). Nossos impulsos, nossas línguas, e até os nossos pensamentos devem ser controlados pela vontade de Deus (veja 2 Pedro 1:6; Tiago 3:1-12; 2 Coríntios 10:5).
     Cuidado com as circunstâncias. Pedro não resistiu a tentação da circunstância. Saul tentou justificar o seu pecado, dizendo que foi “forçado pelas circunstâncias” (1 Samuel 13:12). A tática do Maligno, muitas vezes, é de convidar os servos de Deus a participar de atividades que apresentam tentações difíceis (veja Apocalipse 2:14; Números 25:1-3). Se brincar com fogo, vai se queimar.
     Cuidado com a influência. João não negou a Jesus, e talvez não sentisse nenhuma tentação desse tipo. Mesmo na sua ingenuidade, levou Pedro para dentro da casa do sumo sacerdote, onde Simão enfrentou uma circunstância muito difícil. Pode ser que um determinado lugar ou uma certa atividade não apresenta nenhuma tentação para você. Mas antes de entrar ou convidar mais alguém, pense na sua influência. “E, por isso, se a comida serve de escândalo a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que não venha a escandalizá-lo” (1 Coríntios 8:13).
     Quando enfrentar a tentação, procure a saída. Ela existe (1 Coríntios 10:13). Nunca é necessário pecar. Pedro não aproveitou as saídas que Deus lhe ofereceu. Pense em algumas alternativas que ele não escolheu: (a) Não entrar no lugar de tentação; (b) Confessar a sua fé abertamente; (c) Orar e pedir ajuda a Deus; (d) Procurar a ajuda de João, o irmão que estava perto; (e) Uma vez que Pedro se encontrou num ambiente mau, poderia ter saído.

    E Depois . . .
    Sabemos que Pedro, depois, reconciliou-se com Jesus e se tornou um grande apóstolo e presbítero. Mas o pecado dele naquela noite foi evitável.
    Ao longo dos anos, Pedro refletia na sua falha e, depois, escreveu estas palavras animadoras: “Ora, quem é que vos há de maltratar, se fordes zelosos do que é bom? Mas, ainda que venhais a sofrer por causa da justiça, bem-aventurados sois. Não vos amedronteis, portanto, com as suas ameaças, nem fiqueis alarmados; antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós” (1 Pedro 3:13-15).
    Mesmo os mais dedicados servos de Deus erram, e precisam da compaixão e amor de Jesus. O pecado de Pedro na noite do julgamento de Jesus foi grave, mas não imperdoável. Ele recorreu à graça e à misericórdia do Senhor, a mesma fonte de amor e perdão que nos oferece esperança da vida eterna. Vamos aprender dos erros de Pedro e santificar a Cristo, como Senhor, em nossos corações.

    Fonte:
    http://www.estudosdabiblia.net
    Dennis Allan

    ResponderExcluir
  18. Apenas um observação a ser feita.

    O pecado de Pedro na noite do julgamento de Jesus foi grave, mas não imperdoável. Ele recorreu à graça e à misericórdia do Senhor, a mesma fonte de amor e perdão que nos oferece esperança da vida eterna. Vamos aprender dos erros de Pedro e santificar a Cristo, como Senhor, em nossos corações

    Deus Abençoe a todos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Muito pertinente e proveitoso o artigo; muito obrigado por compartilhar!

      Um grande abraço, com a paz de Deus!

      Excluir
  19. Pedro alcançou perdão. Mas Judas, ainda que levou as moedas aos sacerdotes ARREPENDIDO, fora melhor não haver nascido. E o que diremos de Esaú, que é citado em Hebreus? Nem com lágrimas não recuperou a benção. Aprendamos o tamanho da misericórdia de Deus, vendo como Pedro foi perdoado, mas não nos esqueçamos que dois arrependidos não alcançaram perdão. Talvez por não terem preparado seus corações para buscar a Deus como Neemias, ou porque não foi um erro por medo como Pedro, que não conseguiu naquele momento expressar seu verdadeiro sentimento, e chorou, mas por safadeza.

    ResponderExcluir
  20. Muito bom seu texto ir.Onicio.E que triste tb que existiu e ainda existisse pessoas tao MAU assim.Quando eu era um "seguidor da CCB"eu cria em parte nessa doutrina herética,por nao conheçer as verdades bíblicas.Mas hj depois de Deus revelar a VERDADE,O CAMINHO,E A VIDA que é Jesus e me mostrar o seu IMENSO AMOR atraves das Escrituras sagradas,eu imediatamente repudiei essa doutrina tão satánica.Ainda bem que o DEUS DA BÍBLIA nao é um deus mau como esses fariseus apresentaram-nos.
    O nosso Deus é um Deus cheio de amor,e de infinita misericordia.
    Deus te abençõe.
    (Esclarecimento:Eu continuo na CCB,mas nao sou mais seu "seguidor").

    ResponderExcluir
  21. Amem meu caro irmão Matheus Anjos, vamos continuar defendendo um cristianismo racional, se Cristo andasse por aqui certamente Ele reprovaria esse procedimento desumano em que uma igreja que se diz cristã aplica a "pena de morte" espiritual à quem erra.

    ResponderExcluir
  22. Pecamos todos os dias....
    E Jesus nos perdoa todos os dias...
    Leia Salmo 5, 1 Samuel 16:7 mateus 5:28 Lucas 18:9-14
    os pecados estão em pé de igualdade mas na ccb só o adulterio é pecado... Muitos levarão um susto..
    é melhor perdoar e repassar o amor e misericordia do que atacar pedras...
    tenha caridade com um amor sincero com o próximo. se fizer isso com certeza Deus está em 1º plano. nisso depende toda lei.

    ResponderExcluir