Google+ Followers

sábado, 11 de julho de 2015

Motivo pelo qual defendo a criação de estudos Bíblicos na Congregação Cristã no Brasil


Por Douglas Pereira da Silva

Há muito tempo venho defendendo a necessidade URGENTE de criar uma escola Bíblica ou então um culto semanal dedicado ao estudo e reflexão da palavra de Deus na Congregação Cristã no Brasil.

Hoje (11/07/2015), tive novamente a oportunidade de dialogar com o irmão que me inspirou a escrever o artigo postado neste humilde espaço – “O Novo Nascimento e a Casa do Pai”.

O conteúdo da prosa ilustra a mentalidade de quase 100% das crendices e da estranhíssima Fé da nossa querida irmandade – infelizmente.

O egrégio irmão – não vou dizer o nome dele – está há mais de 20 anos servindo a Deus e frequentando a denominação, mas pelo que parece, não faz a mínima ideia das doutrinas básicas do cristianismo, principalmente assuntos de grande relevância da Fé Cristã como: a Justificação, Santificação e a Glorificação – o tripé da Soteriologia - a ciência da Teologia Sistemática que trata do estudo da Salvação do homem.

Transcreverei abaixo, uma pequena parcela do nosso diálogo e peço aos queridos leitores que opinem, se este simplório autor tem ou não razão para continuar defendendo a criação de uma escola Bíblica na CCB:

Irmão CCB: “Esse XXX, é outro morto, Aquele que se ajunta com uma meretriz, faz um corpo só com ela. Se esse XXX, tiver um céu pra dar pra ele, fique a vontade, O adultério é o fruto da morte,”

Douglas: Parabéns por sua santidade irmão CCB, queria ser como você... Certamente você nunca mais pecou depois de ter passado pelas águas do santo batismo, não é mesmo?

Irmão CCB: “Não mesmo, tenho fraqueza não pecado de morte,”

Douglas: “Puxa, que orgulho... Continue assim, certamente sendo firme e fiel como você é, herdaras a coroa da vida eterna! MEUS PARABÉNS...”

Irmão CCB: “Obrigado, não digo que o cometeu adultério, vai pro inferno. mas não ressuscitara , na vida do Senhor, ele vai aguardar o julgamento depois do milênio.”

Douglas: “Nossa... Que "dotrina" interessante irmão! Onde foi que você leu isso? Está na Bíblia? ”

Irmão CCB: “Com certeza, esta em vários lugares,”

Douglas: “É mesmo? Então “tá serto"... Só cuide para não ler, ou pelo menos arrancar da sua Bíblia o livro de Salmos; pois afinal de contas, o autor de boa parte daqueles poemas foi o rei Davi, que era um "pecador de morte". Além disso, na pilantragem, Davi planejou a morte do marido da mulher para assumi-la publicamente...”

Vejam só que resposta mais emburrecedora do irmão CCB:

Irmão CCB: “Davi não tava na Graça, jesus Cristo não tinha vindo”

Davi estava vivendo em um período conhecido como advento da Lei, mas experimentou a GRAÇA de Deus pois o seu pecado foi perdoado, uma vez que ele deveria ser morto conforme prescreve o código penal hebreu, a Lei de Moisés (Levíticos 20.10).

Seguindo a lógica deste comentário inepto e emburrecedor do Irmão CCB, segue-se que é melhor viver sob a Lei de Moisés do que na Graça de Cristo; Sim! Pois na Lei de Moisés o indivíduo teria alguma chance de ser perdoado, e na Graça de Cristo NÃO!

Douglas: “Ah é mesmo... Havia me esquecido desse detalhe! Além disso ele não conheceu o batismo que limpa os pecados! ”

Irmão CCB: “desejou muito alcançar, mas não foi possivel.”

Davi desejou alcançar o batismo que limpa o pecado... WHAT? (Lembrando que essa falácia de batismo que limpa o pecado, é uma baita heresia que não encontra o menor traço de respaldo nas Escrituras Sagradas).

Já sei! Deve estar escrito na epístola de Paulo aos Ccbeianos, capítulo 6, versículo 666 [Risos].

Douglas: “Sim... será que Davi foi para o céu? ”

Irmão CCB: “Ainda, não, ta esperando o ultimo”

Douglas: “Esperando o ultimo o quê? ”

Irmão CCB: “O ultimo que não é vc, com certeza.”

Douglas: “Não entendi... O que você quis dizer com "esperando o ultimo”? ”

Irmão CCB: “Quem diz que quero te esclarecer? vc não precisa disso, ja te disse que é o CARA>!!!!”

Douglas: “Sou nada! Você que é, afinal você nunca pecou depois do batismo! Eu... Vixi... Depois do batismo pequei pra caramba, e peco até hoje! ”

Irmão CCB: “Te vejo depois do milênio, pra bater um papo.”

Douglas: “Sim... Como sou pecador não vou participar do milênio, NÉ? ” Então está bom! Obrigado pela oportunidade de "aprendizado". Muito legal a "dotrina" que você segue!

Irmão CCB: “Não tem nada de legal,,”

Douglas: “Por que não? Se você está na "dotrina" que leva para o céu, ela só pode ser legal...”

Irmão CCB: “A renuncia de si mesmo, e de seus sonhos, é um preço alto. que nem todos querem pagar,”

Douglas: “Ah... Entendi. Então continue assim, pagando um preço para entrar no céu! ”

Chega a ser engraçado as opiniões e a Fé do irmão CCB, mas lamentável e desastrosamente, esta é a mentalidade religiosa de quase 100% dos adeptos da Congregação Cristã no Brasil – o povo realmente perece pela falta de conhecimento.

Continuo orando para que Deus tenha misericórdia da nossa querida irmandade e desperte o nosso povo para praticar com entusiasmo e fervorosa dedicação, a leitura do livro que mudou a minha concepção de religião e continua mudando a minha vida até hoje – A Bíblia Sagrada.

E que também mude a perspectiva do conselho de anciães do Braz, para providenciar com extrema URGÊNCIA o desenvolvimento e a criação de uma escola Bíblica ou um culto semanal focado em estudos Bíblicos, para erradicar este “analfaBíblismo” e, pelo menos reduzir, este tremendo prejuízo que a cultura oral doutrinária ccbeiana causou e tem causado para o cristianismo Bíblico.

9 comentários:

  1. Pois é, Douglas.
    O nome disso que lemos do irmãozinho equivocado não se chama FÉ. Chama-se CRENÇA. Ou pior: crendice. No seu sentido mais pejorativo!
    É como comentei no texto anterior: ensino repassado 'boca a boca' que não condiz com Cristo. Falando de Deus o que não é de Deus.
    Gente como ele acha que Deus não tinha poder de agir com GRAÇA antes da vinda de Cristo. E pior ainda: há os que dizem que Ele criou a GRAÇA e a deu a uma denominação religiosa há apenas um século!
    Sinceramente, não dá pra aceitar tal raciocínio. Nem chamo isso de preguiça mental. Denota Q.I. bem abaixo do normal. Ora, minha gente! O Espírito de Deus atua é na nossa MENTE! onde se encontra o nosso INTELECTO.
    Douglas, quero parabenizá-lo pela volta. Agradeço a Deus! Esse meio confuso precisa urgentemente de pessoas assim que ajudem a essa gente robotizada a sair debaixo da asa sufocante de líderes reacionários que as impedem de respirar por si mesmos.
    (Regina Farias)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Rê,

      Tens toda a Razão quando disse que o nome disso é crendice! (rsrsrs)

      Sabe o que percebo quando dialogo com irmãos assim? Que há muitos traços das práticas religiosas da igreja católica romana dentro da CCB.

      É o tal do “pecado de morte” – Esse ensino é o mesmo de “pecados veniais e mortais” do catolicismo.

      É o tal da “oportunidade da ultima ressurreição para quem pecou” – Esse ensino é o mesmo do “purgatório” do catolicismo romano.

      É o tal da “igreja verdadeira” ou “doutrina verdadeira” – É o mesmo ensino do catolicismo romano.

      É o tal do “batismo que salva” ou “purifica o pecado” – Igualzinho da católica romana.

      É a “templolátria” – igualzinho o catolicismo romano.

      É a “oquestrolátria”, “anciolátria”, “véolátria”, “cabelolátria”, “revelolátria” e tantas outras “Latrias” que não muda em nada do romanismo pagão!

      Quem tem um senso critico e procura estudar com carinho as Escrituras, conferindo tudo, tal como os bereianos faziam no tempo do apostolo Paulo (Atos 17.10-11), sabe que o evangelho pregado na CCB – infelizmente – beira ao PAGANISMO (isto é, se já não é o PAGANISMO)...

      Triste né:(

      Obrigado mais uma vez pelo entusiasmo Rê, e também pelas orações!

      Sinto muito honrado em receber seus comentários!

      Um efusivo abraço

      Excluir
  2. Parabéns, irmão.

    Às vezes me sinto por um fio de cabelo para desistir e me tornar um "desigrejado" ou ir para outra denominação. Mas me animo em ter irmãos como você, que não "fugiram da raia".

    Outro dia, e isso é só um exemplo, me animei quando o cooperador (apesar dos pesares) mandou ler a Bíblia enfaticamente. Mas completou com a seguinte pérola: "É claro que nem tudo convém (ler), mas Deus nos fará saber..." Quase pulei do banco, mas permaneço na oração.

    Que Deus entre mesmo no coração desse povo do Brás, já deu a hora deles de mudar doutrina e inventar o que não existe!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcio, a paz de Deus!

      Que alegria ler o seu comentário; obrigado por prestigiar este humilde espaço!

      Então meu irmão, o povo que não concorda com os absurdos ccbeianos esta crescendo exponencialmente em virtude do volume de informações nos dias de hoje!

      Sei como é se sentir assim Márcio, parece que somos um “peixe fora d’agua”.

      Vamos unir as nossas forças, e continuar orando para que Deus restaure a autoridade doutrinária, único e exclusivamente pela Bíblia Sagrada!

      Tenho esperança para que mais anciães e cooperadores do tipo HP's, Marcios's, Regina's e Reene's ressurja na denominação. :)
      Um grande abraço querido, com a paz de Deus!

      Excluir
  3. Partilho da mesma opinião sua, irmão Douglas!
    A CCB precisa, E MUITO MAIS QUE URGENTE, de algum tempo dedicado ao estudo da Bíblia! Eu, que sou auxiliar de jovens, testemunho TODOS os domingos o tal do “analfaBíblismo”, PRINCIPALMENTE entre os jovens (sei que estou entre eles, mas pelo menos procuro entender, e principalmente, não ensino oque não sei! rsrs), como disse a nossa irmã Regina, são praticantes não da fé, e sim da crença, aquilo que sai da boca do cooperador (que infelizmente, muito pouco se aproveita), é oque eles levarão como sua "dotrina".
    Já tem algum tempo que, sinceramente, quase não tiro proveito dos cultos, exatamente pelas coisas que ouço e vejo nesses serviços! Vamos deixar para mencionar o BARULHO nas orações e testemunho - que chega a ser ensurdecedor - em outra ocasião.

    Eu só me pergunto o seguinte:
    Caso, de alguma maneira, seja implantado o estudo bíblico, QUEM presidiria tal? Porque, falando do que vejo, na minha cidade, e nas cidades vizinhas, não conheço algum irmão que possa nos lecionar sobre a Bíblia. Sei que existem sim irmãos capazes! Mas estes teriam que ser verdadeiros missionários viajando pra lá e pra cá, sem descanso, até que possa ter um bom número de "professores" pra esses estudos.

    Ao irmão Douglas, mais uma vez, fico feliz por ter voltado a escrever! Deus o abençoe muito!

    Abraços!
    Renée Vicente.

    ps.: Já deixo aqui registrado meu interesse em ter nosso queridíssimo irmão Douglas Pereira da Silva, como o "professor" dos estudos bíblicos da cidade de Pradópolis - SP [rsrsrs]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehehe,

      Amem Rene; obrigado pelo carinho e consideração!

      Então querido, fiquei muitíssimo feliz de saber que você é auxiliar de jovens, e sabe por quê? Porque você é alguém que influencia; as criancinhas querem “copiar” o auxiliar de jovens e você sabe disso! Por isso, podes contribuir com o seu conhecimento salvando muitos de toda essa ignorância teológica e livrar os desesperançados dos tormentos psicológicos que tais ensinos produzem no coração da mocidade!

      Há muita gente capacitada na CCB e com vasto conhecimento das Escrituras para lecionar a Palavra de Deus, você é um deles; ACREDITE!

      Muito obrigado pelos comentários meu mano; é sempre uma felicidade ter a sua participação aqui.

      Um grande abraço, com a paz de Deus!

      Excluir
  4. Douglas, amado, que situação difícil, hein?
    O misticismo superabunda. Onde não há a centralidade das Escrituras juntamente com oração, vemos esse tipo de mentalidade.
    Força, querido. Que Deus nos dê paciência pra ensinar essas pessoas, pois ainda são muitas.
    Abraço, na paz de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém meu rei,

      É sempre uma alegria tê-lo aqui.

      Embora seja desanimador notar que as Escrituras não é a autoridade suprema da denominação, é animador saber que muitos irmãos buscam o conhecimento da verdade, e estudam com esmero as Escrituras Sagradas!

      Vamos continuar orando meu amado, e acreditar que Deus pode mover corações para realizar um avivamento Bíblico em nosso meio!

      Um grande abraço meu mano, com a paz de Deus!

      Excluir
  5. Caro irmão,
    Desculpe o meu comentário mas não pude deixar de rir com a conversa que teve com o irmão CCB.
    Acredito que a igreja parou no tempo, inclusive no final dos anos 90 que tascavam contra a televisão. Quando fui convertida, "me orientaram" a não ter televisão e não tive, acreditando que era verdadeiramente errado e diabólico. Por conta disso quase fiquei sem renovar minha carteira de motorista e foi através da televisão que fiquei sabendo que todos aqueles nascido na década de 60 não pagaria nada para renovar, pior era o último dia, imagine - sai correndo. Fora outros prejuízos que tive por causa disso, principalmente com filhos pequenos que ficavam na casa dos outros assistindo tv, na verdade comprei uma mas com medo de perder a salvação.
    Isso é apenas uma das coisas que ocorreu comigo, justamente por falta de um esclarecimento.Aquela coisa - ahhh tá todo mundo fazendo.......sei lá, vou fazer pq senão vou para o inferno, coisas do tipo. Os crentes antigos faziam muito isso, na verdade, conheci um Deus que castigava (Deus tenha misericórdia de mim!..rsr), mas é a verdade! Falavam cada coisa que ia totalmente contra a minha natureza humana e vivida, eu ficava, como assim? vixi? nossa? só tinha interjeições e minhas caretas eram o máximo.
    Se houvesse um estudo bíblico, orientações com mais fundamentos, clareza; com certeza as provações seriam vistas de outra maneira. Já questionei comigo mesma, o povo só fala de prova prova prova, ninguém fala nada diferente? Meu Deus, se cremos que servimos ao Deus vivo, o povo só fala coisa ruim, dependendo deixa agente até pra baixo, tá certo que tem que chorar com quem chora,....rsrsrs... outras denominações nem citam isso (ou quase não citam, mas antes abominam?)
    Tudo isso é falta de entendimento, falta de leitura, etc etc.
    Eu concordo nesses estudos e o propósito disso tem que estar bem claro também, vai que alguém pense que é para se tornar ancião, cooperador, diácono...rsrsr


    A PAZ DE DEUS

    ResponderExcluir